Para entender melhor sobre o sono dos bebês, explicarei para vocês, a diferença entre o sono do adulto e o sono do bebê.

 

Primeiramente, precisamos aceitar que os bebês não são adultos em miniatura. Eles ainda estão em desenvolvimento; por isso, não possuem maturidade plena do ciclo circadiano*

*Representa o período de 24 horas, no qual completam as atividades do ciclo biológico dos seres humanos. Uma das funções desse sistema é o ajuste do relógio biológico; controlando o SONO e o apetite, por exemplo.

Outro ponto importante é a diferença entre o padrão de sono dos bebês e dos adultos.

Os adultos passam por vários estágios de sono, incluindo o sono profundo e sono REM.  As pessoas despertam menos durante o sono profundo e estão mais propensas a despertar no sono REM. Nos adultos, um único ciclo de sono – passando do estágio 1 até o sono REM – dura de 90 a 100 minuto. No final de um ciclo, ou a pessoa desperta, ou retorna à fase inicial do ciclo.

Para os bebês existe apenas dois estágios de sono: sono ativo (equivale ao sono REM dos adultos) e sono tranquilo (o sono profundo dos adultos). Os ciclos de sono também são mais curtos, certa de 50 a 60 minutos para os primeiros 9 meses. Os recém-nascidos passam 50% do sono em sono REM; ou seja, tendem a despertar com muito mais facilidade que os dultos. Nos bebês, o sono REM faz parte da primeira etapa do sono; portanto, quando o seu filho pegar no sono, não tente trocá-lo de lugar de imediato, certamente ele vai acordar.

É por esse motivo que os bebês acordam várias vezes a noite. Eles possuem o cérebro imaturo; eles não estão tentando dificultar sua vida…. Não o force a ter uma rotina de adulto;
respeite e aceite o desenvolvimento natural do bebê. Mantenha a calma, tenha paciência – lembre-se que é somente uma fase – e amem cada detalhe do desenvolvimento do seu filho.

Referência: artigo modificado de “psique ciência e vida”.

Publicações recentes

Deixe um comentário


um × 3 =